top of page
Buscar
  • Foto do escritorRenata Bomfim

Dia Nacional das RPPNs, no Espírito Santo, é celebrado com ação educativa contra o atropelamento de animais silvestres



No dia 31 de janeiro, Dia Nacional das Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs), a RPPN Reluz, juntamente com a PRF-ES e parceiros como o INCAPER-Viana, a Biblioteca Pública Municipal de Vitória, a Academia Espírito-santense de Letras, entre outros, realizarão uma ação de sensibilização intitulada “A vida pede passagem”, que faz parte do projeto Reluz na Estrada, e visa incentivar as boas práticas ao volante. Essa ação alerta a sociedade para o índice alarmante de atropelamentos de animais silvestres nas rodovias, tragédia silenciosa que segundo Centro Brasileiro de Ecologia de Estradas faz 475 milhões de vítimas por ano em todo o Brasil, cerca de 17 animais atropelados por segundo. Outro fato que não pode ser negligenciado é que, em decorrência da colisão com animais, muitas pessoas perdem a vida.


As rodovias capixabas atravessam várias áreas com matas, tanto na cidade quanto no campo, e o atropelamento tem potencializado um fenômeno moderno chamado floresta vazia. A fauna desempenha um papel essencial no equilíbrio da vida, participando da manutenção e renovação das matas, dispersando sementes, combatendo animais nocivos ao ser humano e que poderiam causar epidemias nas cidades, entretanto, muitos encontram-se vulneráveis ou em perigo de extinção por variados fatores causados pelo ser humano, entre eles o desmatamento e a urbanização. A ausência dos animais silvestres afetaria grandemente a vida de todos.


Celebrar o Dia Nacional das RPPNs com uma ação que promove a preservação da fauna é reconhecer que a sociedade civil, juntamente com o poder público, precisa unir forças para criar uma rede de proteção faunística nas zonas rurais e urbanas.

As RPPNs são unidades de conservação (UCs) estratégicas para a preservação do remanescente de Mata Atlântica, bioma que faz parte da vida do capixaba. Florestas, mangue, restinga, dão forma a um patrimônio natural único e cheio de vida que necessita ser protegido.

Preguiça resgatada na BR 262 pelos diretores da RPPN Reluz.

 

 A RPPN Reluz, localizada em Marechal Floriano, é um Centro de Educação Ambiental (CEA) reconhecido pelo Governo do Estado do ES e um Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, reconhecido pela UNESCO. Por meio do Instituto Ambiental Reluz, a RPPN vem desenvolvendo variados trabalhos de cuidado para com a fauna e a flora. Além da RPPN Reluz existem outras 62 RPPNs no Espírito Santo desenvolvendo atividades educacionais e de preservação. No Brasil, segundo a Confederação Nacional de RPPNs, existem 1862 RPPNs, distribuídas nos diferentes biomas. Se você quiser conhecer mais sobre as RPPNs acesse o site do Instituto Ambiental Reluz.


Urge o cuidado para com a natureza, não apenas porque estamos em tempos de aquecimento global, ou porque os seus recursos são necessários para a nossa sobrevivência, mas também porque esse cuidado nos humaniza, por meio do exercício de valores caros à vida como a compaixão e a empatia. É por isso que no dia 31/01 os motoristas que passarem pelo posto da PRF em Viana receberão folder alusivos à campanha, e presentes especiais como livros de autores capixabas e mudas de árvores nativas, entre elas pau-brasil e ipês de várias cores.

 

Serviço:

Evento: Dia Nacional das RPPNs, 31/01.

Horário: 09:00 horas

Local: Posto da PRF, em Viana/ES.

Distribuição de livros de autores capixabas e mudas de [árvores da Mata Atlântica.

 

 

 


4 visualizações0 comentário
bottom of page